sexta-feira, 24 de outubro de 2014

CMT trabalha em ciclofaixas no Jardim Casqueiro

Avenida Joaquim Jorge Peralta também ganhará ciclofaixa
 
A equipe de manutenção da Companhia Municipal de Trânsito (CMT) já implantou metade dos mais de 1800 metros da ciclofaixa que margeará o Rio Casqueiro, da Rua Jornalista Donato Ribeiro até a Avenida Joaquim Jorge Peralta, através das avenidas Felícia Olivieri Trombino e Beira Mar.
 
Essa ciclofaixa, que faz parte do Plano Cicloviário Municipal, terá acesso à ciclovia Gustavo Roebbelen, na Estrada Municipal Metalúrgico Ricardo Reis, ligando a Vila Ponte Nova, Jardim Casqueiro e Ilha Caraguatá. "Este já é um local onde os ciclistas trafegam normalmente. Com a implantação da ciclofaixa, vamos garantir segurança para as pessoas que utilizam a bicicleta no local", afirma o superintendente da CMT, Marco Fernando da Cruz.
 
Joaquim Jorge Peralta - Outro local onde será faixa mais uma ciclofaixa no Jardim Casqueiro será na Avenida Joaquim Jorge Peralta. Os mil metros já foram demarcados e esta ciclofaixa estará interligada com a Avenida Beira Mar e a Estrafa Metalúrgico Ricardo Reis.
 
Plano Cicloviário - A extensão da ciclofaixa Irene Flores e a do Jardim Casqueiro fazem parte do Plano Cicloviário Municipal. O programa irá integrar todos os bairros e o Centro da cidade por meio de ciclovias e ciclofaixas e atenderá os cerca de 50 mil habitantes, mais de um terço da população, que utilizam a bicicleta para se locomover pela cidade. Por isso, a importância do sistema de trânsito priorizar esse modal de transporte.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa da CMT
Texto: Victor Andrade Graça - Mtb 44.186/SP
Imagens de Joyce Castro e Victor Andrade Graça
Galeria completa
Companhia Municipal de Transito

Expediente no Dia do Servidor Público

Devido ao Dia do Servidor Público, comemorado no dia 28 de outubro, a Prefeitura de Cubatão decretou pontos facultativos os dias 27 e 28. Funcionarão apenas serviços essenciais, como os atendimentos emergenciais de saúde, cemitério e velório, vigilância e fiscalização, atuando também os servidores municipais que, por absoluta necessidade do serviço, sejam convocados para trabalhar nesse dia.


Homenagem - A Administração Municipal realiza no dia 11/11, no Bloco Cultural, homenagem aos funcionários municipais por tempo de serviço. No tradicional evento, serão premiados os servidores da Prefeitura, da Caixa de Previdência e da CMT que completaram 10, 20, 30 ou 40 anos de serviços prestados à Municipalidade entre outubro de 2013 a outubro de 2014.

Os funcionários que se aposentaram entre outubro de 2013 a setembro de 2014 também serão contemplados. O evento é aberto ao público e acontece em dois horários: às 10 horas para os funcionários que completam 20, 30 e 40 anos e também para os aposentados. E às 15 horas para os funcionários que completam 10 anos de serviços prestados. 

Prefeitura Municipal de Cubatão
Secretaria de Comunicação
Secretaria de Gestão

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Maurício Evangelista fica em 8º lugar na Etapa Brasil de Corrida Vertical, em São Paulo

Cubatense foi o 3º melhor brasileiro na prova internacional

 
O atleta de Cubatão Maurício Santana Evangelista (Semes Cubatão/Toca do Suplemento) teve um fim-de-semana especial com duas competições importantes. No sábado, dia 18, participou da Etapa Brasil de Corrida Vertical, e no domingo, dia 19, dos 10 Km do Sesc, prova válida pela 4ª Etapa do Campeonato Santista de Pedestrianismo, em Santos.
 
Maurício foi um dos destaques da Corrida Vertical, realizada em São Paulo, com o 8º lugar no geral masculino, e o 3º melhor brasileiro a subir os 672 degraus (140 metros de altura) das escadarias internas do novo Edifício Abril, o 6º mais alto de São Paulo, com 30 andares, percorrendo o percurso com o tempo de 04 minutos e 03 segundos. O vencedor, entre os homens, foi o polonês Piotr Lobodzinski, com o tempo de 2 minutos e 54 segundos.

Criada pelo alpinista italiano Marino Giacometti e realizada desde 1993, a Corrida Vertical é organizada pela Federação Internacional de Corridas em Altitude. Neste ano, o evento está sendo realizado em oito países. Além do Brasil, fazem parte do calendário: Estados Unidos, Suíça, Taiwan, China, Vietnã, Espanha e Cingapura.

Santista - No domingo, 19, Maurício Evangelista voltou a competir, desta vez nos 10 Km do Sesc, conseguindo o 2º lugar no geral masculino com o tempo de 32 minutos e 41 segundos, perdendo apenas para o santista José Uilton Nascimento Santos, que completou os 10 Km da prova em 31 minutos e 49 segundos.

Além de Maurício, a equipe cubatense participou da prova com mais 32 atletas,dos quais, 24 subiram ao pódio. Os destaques foram: Jonas A. da Silva, vencedor na categoria 35/39 anos; Fábio dos Santos Sanches, vencedor na categoria 40/44 anos; Elias Batista de Oliveira, 1º lugar na categoria 30/34 anos; Alexandre Alves da Silva, 1º na categoria65/69 anos; Lino Morais Neto, 1º na categoria 60/64 anos; Rosineide Flor da Silva, 1ª colocada na categoria 35/39 anos; Maria Helena Azzoline Soares, 1ª colocada na categoria 60/64 anos; Mariana Maria Francisca, 1º na categoria 65/69 anos; e Reni Maria de Paulo, vencedora na prova dos 5 Km, pela categoria 70/74 anos.

Também subiram ao pódio os atletas: Jonatas Gama Silva, 2º lugar na categoria 35/39 anos; Adilson Alves do Nascimento, 2º lugar na categoria 40/44 anos; Severo Salustiano dos Santos, 2º na categoria 70/74 anos; José Carlos Carobina Dutra, 2º lugar na prova dos 5 Km, pela categoria Intelectual; Daniel Ricardo Damasio, 3º lugar na categoria 30/34 anos; Everaldo dos Santos, 3º lugar na categoria 35/39 anos; José da Silva Dantas, 3º lugar na categoria 55/59 anos; Emerson Ananias da S. Soares, 4º colocado na categoria 40/44 anos; Ivan Celino da Silva, 4º lugar categoria 45/49 anos; Pedro dos Santos, 4º lugar, categoria 50/54 anos; Mauro Severino, 4º colocado, categoria 60/64 anos; Claudionor R. da Silva Filho, 5º lugar, categoria 45/49 anos; Antonio Carlos dos Santos, 5º lugar, categoria 55/59 anos; e Emerson Fernando de Santana, 5º lugar, categoria 35/39 anos.

Corrida da Fábrica - O próximo desafio para os atletas da cidade é a 5ª edição da Corrida de Fábrica Unipar/Carbocloro, a ser disputada nesta sexta-feira, dia 24. Está prevista a participação de 400 competidores, entre funcionário e membros da comunidade. O percurso é de 3 Km, pelo interior da Fábrica, com largada às 9 horas, da portaria da empresa.

Para a equipe cubatense, esta prova terá um significado especial,que será o retorno às competições do atleta Adilson Dama Pereira, funcionário da empresa e atleta adotado pela Semes Cubatão, e que está voltando à ativa depois de ter sofrido um AVC, em outubro de 2013. Dama tem em seu currículo esportivo, importantes conquistas no pedestrianismo em provas de longas distâncias, como nas ultramaratonas de Portugal e os 100 Km de Cubatão.
 
Texto: Lula Terras - MTb. 13.553
Secretaria de Esportes e Lazer

UME Vila São José promove a 2ª Festa da Primavera nesta sexta, dia 24

Evento será realizado pela manhã, das 8 às 12h, e à tarde, das 13 às 17h

 
A direção da UME Vila São José promove nesta sexta-feira, dia 24, a 2ª Festa da Primavera. A atividade será realizada nos dois períodos de aula e envolverá todos os alunos da unidade escolar. Pela manhã, a festa será das 8 às 12h, e à tarde, das 13 às 17h.
 
A programação terá Desfile de Moda Primavera/Verão, com a participação das crianças do Infantil e Infantil I. Na sequência, os alunos do Infantil II apresentarão um musical dramatizado da canção A Linda Rosa Juvenil. Já a garotada do Infantil III encenará a peça O Nascimento da Sementinha, teatro realizado em parceria com o Projeto Ecoviver, da Ecorodovias.
 
Quem participar da festa poderá brincar na pescaria e no jogo da boca do palhaço, além de degustar bolos, doces e salgados que serão vendidos em prol da Associação de Pais e Mestres (APM) da escola.
A UME Vila São José fica Rua São Francisco, nº 60, na Vila São José.
 
Texto: Cecília Beu - MTb 22.332
Secretaria de Educação

Oficina de bandas da UME Padre Anchieta revela talentos e desperta gosto pela música

Com 22 alunos, oficina faz parte das atividades do Programa Mais Educação

Aprender a tocar um instrumento nunca foi o sonho do aluno Gustavo Gomes Fernandes, de 12 anos. Mas a partir do momento em que ele se deparou com um trompete, nas aulas da oficina de bandas do Programa Mais Educação da UME Padre José de Anchieta, seu talento musical foi despertado.

"Não gostava de ver a banda ensaiando e jamais imaginei que um dia seria um dos seus integrantes", conta Gustavo. Depois de dois anos aprendendo a tocar trompete, o garoto diz com convicção que quer ser músico profissional e participar de uma grande orquestra.

O sonho de Gustavo só tomou essa direção depois que a música entrou em sua vida. Em 2012, sua avó o inscreveu nas aulas do Programa Mais Educação da UME Anchieta. "Nem sabia o que era. E para minha surpresa, a primeira aula foi de trompete", lembra. O aluno disse que resolveu encarar o desafio e aprendeu a tocar o instrumento. Hoje, ele não se vê fazendo outra coisa e só pensa num futuro envolvido com a música.

Gustavo conta que fez parte do Programa Mais Educação por um ano e depois que saiu passou a integrar a Banda Marcial da UME Padre José de Anchieta, escola onde ainda estuda. Participa dos ensaios às quintas-feiras e aos domingos e têm aulas com o músico Fernando Matos, oriundo da Banda do Anchieta e que hoje é profissional da Orquestra Sinfônica de Heliópolis.

Talentos - A descoberta de novos talentos é um dos objetivos da oficina de bandas do Programa Mais Educação. Atualmente, ela acontece na UME Anchieta e também na UME Rui Barbosa, na Ilha Caraguatá, sob a responsabilidade do músico Luiz Carlos Ferreira de Araújo.

Regente da Banda Marcial da UME Padre José de Anchieta, Luiz Carlos conta que a oficina já revelou muitos talentos. "Só na UME Anchieta já tivemos 35 alunos que se destacaram e passaram a integrar nossa banda", explica. Segundo ele, a oficina promove a renovação do corpo musical da banda da escola, que tem integrantes de 7 a 22 anos.

30 anos - Prestes a completar 30 anos, a Banda Marcial da UME Anchieta resiste ao tempo e ainda participa de concursos. No último domingo, dia 19, a banda ficou em 4º lugar no 25º Concurso de Bandas e Fanfarras de Caieiras (SP). Disputando na categoria sênior, a banda obteve ainda o 3º lugar na linha de frente e sua baliza conquistou o vice-campeonato.

No dia 3 de novembro, data em que completa seus 30 anos de existência, a Banda participa do concerto de abertura do Prêmio Amigo das Bandas, no Teatro Guarany, em Santos.
 
Texto: Cecília Beu - MTb 22.332
Fotos: Mara Anjos
Galeria completa
Secretaria de Educação

Nordestinos de Cubatão serão homenageados pela prefeita nesta quinta-feira (23)

Homenagem faz parte do Festival de Cultura Nordestina - Cubatão Danado de Bom, que celebra as raízes desse povo lutador

O evento de homenagem aos nordestinos-cubatenses celebrados no Festival Cubatão Danado de Bom acontece amanhã (23/10), às 15h, no gabinete da prefeita Marcia Rosa. A 3ª Edição do Cubatão Danado de Bom irá celebrar personalidades nordestinas, radicadas em Cubatão e que, de alguma forma, contribuíram para que as raízes nordestinas permaneçam arraigadas na cidade. São eles: Chico da Adega, Dona Gildete (foto), Doge e seo Ceará.

Os quatro homenageados estarão no evento e receberão certificado. Eles juntam-se a Luiz Gonzaga, grande homenageado do Danado de Bom, para celebrar a alegria do povo nordestino.

Esse é o segundo ano em que nordestinos radicados na cidade recebem homenagens durante a festa. A ideia é celebrar a vida dessas pessoas, bastante conhecidas em Cubatão, e agradecê-las por toda dedicação e comprometimento com o município. Graças a eles e outros tantos, cujos pais também chegaram por aqui em busca de oportunidades, a cidade é a mais nordestina da Baixada Santista: pelo menos 60% dos moradores vieram ou descendem da região Nordeste.

E tem novidade: Chambinho do Acordeon, cantor e ator que interpretou Luiz Gonzaga no cinema, participa deste evento. O artista fez questão de estar presente nesta homenagem. Chambinho abre o Festival de Cultura Nordestina - Cubatão Danado de Bom, no dia 14 de novembro, cantando os sucessos de Luiz Gonzaga.

A presença de Chambinho, que interpretou com maestria o Rei do Baião nas telonas, é emblemática, já que a 3ª edição do Festival faz uma homenagem especial a Gonzagão. Para mostrar essa rica história, a Festa vai ter o Museu Luiz Gonzaga. Em cada pedacinho do acervo será possível fazer uma viagem pela vida e obra desse grande cantor e instrumentista brasileiro. Daniel Gonzaga, neto do homenageado, também fará uma apresentação preparada especialmente para o festival, com um apanhado da obra do avô e algumas pérolas de Gonzaguinha.

Homenageados

- Francisco Pereira Gomes, 57 anos.
Nascido em Malta, na Paraíba, Francisco Pereira Gomes, mais conhecido como Chico da Adega, veio em 1974 para Cubatão, sozinho, "com a cara e a coragem", em busca de dias melhores.  Começou trabalhando no Polo Industrial e, anos depois, inaugurou a Adega do Chico, em Cubatão. A tradicional casa, que existe há 21 anos, é o centro da política da cidade. O local também é reduto dos nordestinos e descendentes, atraídos pela gastronomia e festas típicas, como encontros de sanfoneiros.

- Dogival Pereira dos Santos, 59 anos.
Nascido de Caruaru, em Pernambuco, Dogival Pereira dos Santos, o Doge, mudou-se para Cubatão em 20 de dezembro de 1970, aos 14 anos, com os pais e nove dos seus 17 irmãos - os demais já estavam instalados em cidades do Estado. Trabalhou na feira até 1978 e, em seguida montou a casa do Norte Bom Jesus, que com o passar dos anos foi mudando de atividade até, em 1992, virar uma das casas noturnas mais famosas de Cubatão, o Ponto de Encontro Doge.

- Gildete Raquel dos Santos, 51 anos.
A assistente odontológica, funcionária da prefeitura de Cubatão, Gildete Raquel dos Santos nasceu em 23 de março de 1963, em Cubatão, filha de nordestinos, o pai de Aracajú e a mãe do Ceará. A cultura e a culinária nordestina foram transmitidas durante toda a vida na família, de quem herdou os dotes culinários. É famosa por fazer quitutes nordestinos. O grande sucesso é o caldo de sururu, feito com marisco, mandioquinha, cenoura, mandioca, ovo de codorna e azeite de dendê. Mas Gildete faz também outras variações, com camarão, bacalhau ou carne de sol, além de  tapioca doce e salgada e cuscuz. As delícias são vendidas em sua barraca em grandes eventos da cidade, como quermesses.

Laureano Almeida, 70 anos.
Nascido em Boa Viagem, no sertão do Ceará, aos 19 anos Laureano Almeida decidiu sair de casa em busca de uma vida melhor. O destino era Cubatão. Depois de uma longa viagem em cima de um caminhão pau de arara, chegou por aqui no dia 12 de junho 1973 e logo foi trabalhar no Polo Industrial de Cubatão, onde ganhou o apelido de seo Ceará. "Não via a hora de fazer 18 anos para vir para o sul tentar a sorte. Trabalhava com agricultura familiar, para sobreviver. Trabalhava muito e ganhava muito pouco", conta Ceará, que começou a ajudar na roça ainda criança, aos 8 anos de idade.

Durante 50 anos, seo Ceará trabalhou como eletricista e encarregado em empreiteiras da cidade e se tornou um importante militante político, sempre lutando pelas causas sociais e trabalhistas da região. Começou na política com 14 anos, ainda no Ceará e, quando chegou por aqui continuou a trilhar esse rumo, até ingressar, em 1983, no movimento politico sindical da construção civil.

Cubatão Danado de Bom

O Festival de Cultura Nordestina - Cubatão Danado de Bom, que este ano ocorre de 13 a 16 de novembro, no Kartódromo Municipal, terá shows de grandes nomes da música brasileira como Fagner, Pitty, Tribo de Jah, Magníficos, Rapadura Xique-Chico. Contará, também, com uma homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, com direito a um museu com objetos usados por Gonzagão. O neto dele, Daniel Gonzaga, também vai participar do Festival.

Além de música, o Danado de Bom terá muita gastronomia, com uma praça de alimentação de 1.300m², e uma cidade cenográfica com casinhas retratando uma vila matuta, onde as pessoas poderão entrar e tirar fotos.
Criado em 2010 pela Prefeitura de Cubatão, o festival, que tem o apoio de grandes empresas da região, faz parte do calendário oficial de eventos do Estado de São Paulo e já está se consolidando como a maior festa nordestina fora do Nordeste - as duas edições anteriores somaram um público de 115 mil pessoas. A expectativa da organização este ano é atrair cerca de 75 mil pessoas ao local nos quatro dias de evento.

Festival Gastronômico

O Festival Gastronômico Cubatão Danado de Bom antecede a festa principal. Ao todo, 14 restaurantes, bares e lanchonetes da cidade se inscreveram na competição e colocaram em seus cardápios receitas elaboradas com ingredientes típicos da região Nordeste. As criações serão avaliadas por um corpo de jurados formado por especialistas em gastronomia, mas também poderão ser apreciadas por moradores e turistas até o dia 16 de novembro.

Os jurados irão avaliar quesitos como criatividade, originalidade, influências nordestinas, sabor e apresentação do prato, e ambiente e atendimento do estabelecimento. O vencedor receberá o título de "Receita Danada de Boa 2014". Além disso, todos os participantes terão suas criações incluídas em um livro de receitas, que será lançado durante a 3ª edição do Festival da Cultura Nordestina - Cubatão Danado de Bom.

Participam do concurso este ano, as seguintes casas: Restaurante Street Point, Cantina Tia Jô, Restaurante Kanashiro, Bom Grill, Aqui no Bistrô, WM Restaurante, Restaurante Coisas Mineiras, Lanches Flórida, Café Sunshine, Magestic, Cactus, Vovó Mafalda, Tempero Manero e Bon Apetite.

Entre os pratos inscritos, estão receitas como o escondidinho de carne seca, baião de dois com chuleta, carne seca desfiada com mandioca, guisado de galinha caipira nordestina, cordeiro com farofa e cuscuz, carne seca com abóbora dobradinha, cação ao leite de coco com marisco e camarão, dois tipos de lasanha com carne seca e abóbora e costelinha nordestina ao molho oriental. E duas sobremesas: Petit Gateau Nordestino, feito com massa de tapioca e recheio de doce de leite acompanhado de sorvete de coco e calda de rapadura e o Açaí Danado de Bom.
 
Texto: Morgana Monteiro - Mtb 29.202
Fotos: Carlos Nogueira (seo Doje) Arquivo PMC (Chico da Adega, dona Gildete e seo Ceará)
Galeria completa
Secretaria de Cultura, Secretaria Municipal de Governo

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Pessoas em situação de rua aprendem artesanato no Centro Pop, da Prefeitura

A terapia ocupacional ocorre às segundas, quartas e sextas-feiras antes do almoço

Reconhecer-se na produção de algo belo eleva a auto-estima. Não é à toa que a maioria das iniciativas que visam à recuperação de pessoas que usam exageradamente álcool e drogas envolve a terapia ocupacional. Partindo dessa idéia, o Centro Pop, ligado à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) está oferecendo três vezes por semana oficinas de artesanato, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, no período que precede o almoço. O equipamento opera em média 320 atendimentos por mês, assistindo a cerca de 90 pessoas em situação de rua no mesmo período. Oferece alimentação, higienização, muda de roupa, encaminhamentos em geral, inclusive para tirar documentos

Na manhã desta quarta-feira, 22, um grupo de cinco pessoas em situação de rua esteve reunido nesse equipamento da Prefeitura, confeccionando o revestimento de um banco de madeira a partir de recortes de jornal. É importante lembrar que a maioria das pessoas que saí de casa e permanece nas ruas enfrenta problemas de drogadição e/ou dependência de álcool.

As informações são da administradora e responsável pelo Centro Pop, Sandra Miller. "O trabalho com o banco de madeira foi um start (começo)", explicou ela, muito entusiasmada em oferecer a terapia que pode ainda funcionar como uma capacitação para o desenvolvimento de atividade geradora de renda, segundo disse. Para a aula inaugural de artesanato, contou com o apoio de pessoal ligado à Biblioteca Municipal Geraldo Ferraz, de Guarujá. Estiveram no local a professora Angela Madalena de Lima e o supervisor Pedro Menezes do Nascimento, havendo ainda outros envolvidos daquele município na empreitada do Centro Pop.

Sandra Miller enfatizou que o Centro Pop conta ainda com o trabalho de um colaborador em artes, Francisco de Assis. Ele esteve no local para aprender as técnicas trazidas pela equipe de Guarujá e também para ensinar, em intercâmbio, técnicas de trançado a partir de folhas de jornal, que podem virar ornamentos e pequenas peças de mobiliário.
O Centro Pop fica na Rua Fernado Costa, 1004, Centro. Funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O telefone é (13) 3375-2227 e 3375-2967.

Texto: Maria Cecilia de Souza Rodrigues - MTb 16.561
Imagens: Christiane Castanheira
Galeria completa
Secretaria de Assistência Social

Dentista deve estar a par de todos os medicamentos consumidos pelo paciente

Assunto foi tratado no interior da palestra Bisfosfonatos em Odolotologia, a cargo do doutor Narciso Assunção Junior na Semana de Saúde Bucal
 
Obter informações a respeito do paciente e de suas doenças (anamnese) é fundamental para evitar complicações resultantes de tratamentos dentários. O próprio paciente pode levar ao dentista o nome de todas as medicações de que faz uso, mesmo aqueles em frequência reduzida, em virtude de possíveis efeitos colaterais. Quem toma medicamentos para os ossos, caso do Alendronato, para osteoporose ou mesmo osteopenia, deve comunicá-lo ao dentista. O mesmo vale para o uso de Zoledronato endovenoso, muito mais potente que o do primeiro exemplo. Tais pacientes estão sujeitos necrose dos ossos maxilares.

O alerta foi do professor doutor José Narciso Rosa Assunção Junior, que proferiu a palestra de tema "Bisfosfonatos em Odontologia", por ocasião da Semana de Saúde Bucal, aberta na manhã desta quarta-feira, 22 e que vai até dia 24, sexta-feira. As palestras ocorrerão na Câmara de Cubatão e no último dia o evento será realizado no Bloco Cultural José Edgard da Silva.

A respeito do uso de mediocamentos para ossos, o doutor Narciso Assunção Junior disse que, dependendo do caso, o paciente pode receber prescrição de antibiótico, sendo ainda conveniente uma conversa com o médico que se ocupa do paciente, principalmente em caso de tratamento de câncer. 

O doutor Narciso Assunção Junior é dentista da Prefeitura de Cubatão, responsável pelo Serviço de Estomatologia, do Centro de Espeficialidades Odontológicas (CEO) de Cubatão. Ele é professor do curso de Odontologia da Unimes, das disciplinas de Estomatologia; Cirurgia e Semiologia e de Histologia também da Odontologia da UniMonte, em Santos. Fez questão de enfatizar que a Prefeitura de Cubatão nessa sua Unidade tem serviço de diagnóstico da melhor qualidade, dispensando atenção especial para problemas de lesões e de doenças sistêmicas com repercussão em boca. O atendimento requer encaminmhamento de uma das Unidades Básicas (UBS) do Município ou de Pronto Socorro. 

Uma das organizadoras da Semana de Saúde Bucal, Deborah Cristina Neves Antiorio, fez questão de frisar que a prioridade para a escolha dos temas da Semana de Saúde Bucal foi a aplicação prática que podem ter os assuntos no sentido de subsidiar os procedimentos a cargo dos profissionais do CEO. "Selecionamos temas que interessam para a rede pública", frisou. Cada uma das pessoas da platéia recebeu uma bolsa a tiracolo para transportar anotações e material, tendo sido o material próprio de congresso, uma cessão do Centro Regional de Odontologia, conforme disse. 

A segunda palestra da manhã foi sobre "Princípios do Atendimento Odontológico a Pacientes com alterações Sistêmicas", proferida pelo professor doutor Bruno Guardieiro, doutorando pelo Instituto ndo Coração do HCFMUSP, especialista em iomplantodontia, colaborador da disciplina de Geriatria e Gerontologia da Unifesp e responsável pelo Centro de Referência do Idoso Norte de São Paulo, Capital. Ele elogiou a iniciativa da Prefeitura de Cubatão de promover a reciclagem profissional, vale lembrar que o evento acontece todo ano no Município. 

Ele falou do tratamento de doentes crônicos, com ênfase em diabéticos e em cardiopatas e dos tipos de procedimentos e de profilaxia, a exemplo de antibióticos, cuja prescrição exagerada é algo a ser evitado em sua opinião.
 
Texto: Maria Cecilia de Souza Rodrigues - MTb 16.561
Imagens: Christiane Castanheirai
Galeria completa

Delegação norueguesa de handebol visita o Sesi/Cubatão nesta segunda-feira, dia 27

Na programação está jogo amistoso contra equipe de Cubatão
 
Uma delegação de jovens atletas de handebol da Noruega, com idade entre 18 e 21 anos, está em visita ao Brasil para um intercâmbio com equipes brasileiras. Na segunda-feira, dia 27, será a vez do SESI/ Casqueiro receber os visitantes para uma troca de experiência entre as duas escolas da modalidade. Eles ficarão na cidade entre 14h e 20h, período em que vão treinar juntos e realizar uma partida amistosa contra a equipe feminina de Cubatão.

Para o professor Danilo Roberto Silva, treinador da equipe cubatense será uma oportunidade muito boa para as atletas da cidade de conhecer como é praticado o handebol feminino no País, que é bicampeão olímpico. Danilo destaca que seu grupo é composto de 35 meninas, entre equipe de competição e escolinha. O trabalho de iniciação no handebol começou em 2012, e já no ano seguinte, começaram a participar de competições regionais e agora, dos campeonatos da Federação Paulista de modalidade.
 
Texto: Lula Terras - MTb. 13.553
Secretaria de Esportes e Lazer

Atletas de Cubatão disputam no sábado, dia 25, o Torneio dos Campeões de Karate, em São Paulo

Irão atletas do Unidos, Lions Clube, Karate para Todos e Seigo Dojo

 
Os principais karatecas de São Paulo terão uma competição especial neste sábado, dia 25, o Torneio dos Campeões, a ser disputado no Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro, no Ibirapuera, em São Paulo. Cubatão estará representado por atletas da Associação Unidos Cubatão, Lions Cube de Cubatão, Projeto Karate para Todos e Associação Seigo Dojo.

Sob o comando do sensei Luis Antonio Alexandre dos Santos, o Lula do Karate, na disputa do Kata (luta imaginária) irá o atleta Allan Jozala de Souza, 26 anos. Na disputa do Shiai (luta): Allan Rodrigues da Silva, de 12 anos, que disputará na categoria 12/14 anos, até 38 Kg; Matheus Queiroz de Lima, 12 anos, pela categoria 12/14 anos, até 45 Kg; Sabrina de Paula Ferreira, 11 anos, categoria 10/11 anos, até 34 Kg; Andreh Marques, 10 anos, categoria10/11 anos até 33 Kg; Thiago Nascimento Ferreira, 15 anos, categoria 15/16 anos, até 48 Kg; Pedro Gabriel dos Anjos Santana, 14 anos, categoria 13/14 anos, até 56 Kg; Guilherme Missena, 14 anos, categoria 13/14 anos, até 60 Kg.
 
Da Associação Lions Clube de Cubatão, irão: Davi Santana, 15 anos, pela categoria 14/15 anos, até 52 Kg; Gabryelle Santana, 15 anos, categoria 14/15 anos acima de 54 Kg: Leonardo Benes, 15 anos, categoria 14/15 anos, até 57 Kg; Sara Teixeira, 16 anos, categoria 16/17 anos, até 59 Kg; e Jhennifer Sammers, 17 anos, categoria 16/17 anos, acima de 59 Kg. O grupo cubatense será completado pelo karateca Luciano Moreira, do Projeto Karate para Todos, e Maxsuel, da Associação Seigo Dojo.
 
Texto: Lula Terras - MTb. 13.553
Secretaria de Esportes e Lazer