domingo, 31 de outubro de 2010

Montagem do Festival “Cubatão Danado de bom” segue a todo vapor

Cerca de 100 operários trabalham para erguer cidade cenográfica, restaurantes e palcos. A Festa tem início dia 4/11

 

Uma grande festa traz consigo grandes números, também. O Festival de Cultura Nordestina de Cubatão deve levar mais de 100 mil pessoas ao Kartódromo Municipal nos quatro dias de música e sabores. E para isso, uma estrutura gigantesca está sendo montada no local. Cerca de 100 operários trabalham dia e noite nesta reta final dos preparativos. Neste domingo (31/10) eles deram início à construção da cidade cenográfica. A montagem segue a todo vapor até terça-feira.

Já é possível ver uma megaestrutura levantada no local. São pelo menos 50 toneladas de material como ferro, alumínio, madeira, plástico, fios, cabos, equipamentos de som e iluminação, tudo distribuído num espaço de 25 mil m². Durante os dias de festa devem ser utilizados cerca de 100 mil watts de potência de som, 1 mega watt de geradores e 250 mil watts de luz cênica. Todo esse gasto de energia será revertido, posteriormente, em plantio de árvores na cidade, minimizando ao máximo, o impacto ambiental

Entre as novidades do evento está uma cidade cenográfica, retratando uma vila do interior nordestino. Através da criatividade do artista plástico Romildo Alves, o espaço vai abrigar igreja, escola, praça, coreto, delegacia, boteco, casa de cultura e muito mais. Tudo muito colorido, alegre e festivo como as cidades nordestinas.

Palcos, restaurantes e conforto – para receber artistas de porte da Banda Cheiro de Amor (4/11), Elba Ramalho (5/11), Alceu Valença (6/11) e Banda Calypso (7/11), está sendo erguido um palco de 400m² com som e iluminação de última geração. Um outro espaço, que recebeu o nome de "palco secundário" e o coreto, abrigarão outras atrações vindas diretamente no Nordeste e artistas cubatenses que entrarão no clima nordestino, com repertório de música e dança, elaborados especialmente para o Festival.

Uma imensa Praça de Alimentação abrigará restaurantes e lanchonetes nordestinas que vão oferecer todos os sabores típicos, desde a carne seca na manteiga até o sarapatel, tapioca, galo cozido, galinha cabidela, cachaça saborosa e manteiga de garrafa. Além disso, haverá exposição e venda de artesanato nordestino como os tradicionais bonequinhos de lampião feitos em barro, bilro (tipo de renda), fuxicos, garrafas desenhadas com areia, artesanato com casca de côco. Muita gente poderá aproveitar o dia se alimentando e adquirindo a arte nordestina e à noite, curtir os shows musicais. Haverá banheiros químicos espalhados por todo o Kartódromo

A segurança também é uma preocupação na Festa. Por isso, haverá detectores de metal na entrada, assim como seguranças particulares por toda a extensão do Festival. A Polícia Militar vai manter uma base móvel estacionada no Kartódromo, além do policiamento ostensivo por toda a cidade. Haverá, também a presença do Corpo de Bombeiros, espaço para atendimento médico, ambulância de plantão e uma equipe do Conselho Tutelar para atender crianças perdidas.

Ainda há ingressos – os convites custam R$ 5,00, sendo que estudantes, idosos e moradores de Cubatão que adquirirem o ingresso na cidade pagam meia-entrada. Estão sendo vendidos no ponto de venda "Danado de bom", em frente ao Parque Anilinas, em Cubatão (Av. Nove de Abril, 2205), além dos supermercados da Rede Krill em toda a região. Ao todo, são 18 pontos de venda na Baixada Santista e Boracéia. Toda a renda arrecadada com os convites será revertida ao Fundo Social de Solidariedade de Cubatão.

O Festival Cubatão Danado de Bom tem organização da Prefeitura de Cubatão e empresa ABPA e conta com o apoio da Usiminas e Ypióca.

Todas as informações sobre o evento estão disponíveis no hosite www.cubataodanadodebom.com.br .

 

Texto: Morgana Monteiro

20101031-SECULT-Danado Estrutura-MM

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Prefeita de Cubatão denuncia governo do Estado de São Paulo por crime ambiental

Marcia Rosa esteve pessoalmente em Brasília para apresentar queixa ao Ibama

 

    A prefeita Marcia Rosa esteve em Brasília nesta quinta-feira (28), onde apresentou ao Ministério do Meio Ambiente e ao Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) uma denúncia de degradação ambiental praticada pelo Governo do Estado de São Paulo no município de Cubatão.  Munida de fotografias e documentos que mostram uma extensa área de preservação degradada, a prefeita protocolou um ofício ao Ibama pedindo providências urgentes na apuração dos indícios de crime ambiental.

    Para a prefeita é inaceitável que o próprio Estado seja o responsável pela contratação dos serviços que devastaram a vegetação que deveria ser protegida. "A comunidade de Água Fria está revoltada. Enquanto o governo retira de forma arbitrária centenas de famílias que ocupam o local há mais de 50 anos, antes mesmo de um decreto transformar a região em área de preservação ambiental, o mesmo governo incorre no crime de degradação ambiental do qual acusa a comunidade", denunciou Marcia Rosa.

    Recebida pela chefe de gabinete da presidência do Ibama, Benita Monteiro Rocktaeschel, a prefeita deixou o órgão com a garantia de que o pedido de fiscalização diante de grave denúncia seria encaminhado no mesmo dia à Superintendência do órgão ambiental em São Paulo. "Vamos mandar ainda hoje o pedido de encaminhamento de uma equipe ao local para avaliar os estragos que vimos nas fotografias e adotar as providências necessárias", garantiu a chefe de gabinete.

    As fotografias, tiradas em 21 de outubro deste ano, mostram a área de preservação ainda com as máquinas pesadas – tratores – que devastaram a vegetação no local. A região compreendia ainda um sítio histórico, de onde foram removidas as ruínas de uma construção do final do século XVIII sem autorização do Condephaat ou consulta aos órgãos públicos locais.

    Apoio à comunidade de Água Fria - Além do encontro com a presidência do Ibama, a prefeita de Cubatão reuniu-se com o secretário-executivo do Ibama, José Machado, e uma equipe técnica do ministério para discutir a situação das 1.800 famílias do bairro de Água Fria, localizado na área delimitada pelo governo do Estado para a criação do futuro Jardim Botânico de Cubatão.

    Na companhia do presidente da Sociedade de Melhoramentos do Bairro Água Fria, Ivan Hildebrando, e de uma comitiva da prefeitura, Marcia Rosa expôs ao secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente as preocupações dos moradores do bairro, que denunciam a maneira arbitrária com que o governo do Estado de São Paulo vem conduzindo o processo de desapropriação para a criação da área de preservação ambiental.

    Após ouvir a prefeita e o representante da comunidade, que esclareceram serem favoráveis à implantação do Jardim Botânico, mas pleiteiam o respeito aos moradores, cuja ocupação é anterior ao decreto estadual, o secretário-executivo, José Machado, mostrou-se sensível às demandas da comunidade, e afirmou que ela deveria ter sido ouvida durante o processo. "A comunidade precisa ter suas demandas atendidas, pois faz parte do processo democrático ouvir a comunidade. O Ministério do Meio Ambiente vai atuar nesse conflito na busca de uma solução negociável, tendo respeitados os interesses dos envolvidos, no caso o município, o Estado e a comunidade, que não pode ser removida de maneira arbitrária após décadas de ocupação da área", afirmou Machado.

    Da equipe técnica do ministério, a prefeita ouviu que o governo federal tem atuado em várias questões envolvendo áreas de preservação com as mesmas características, e que as comunidades têm sido tratadas com o devido respeito, com a apresentação de soluções que levam em conta seus direitos sem que isso implique em comprometimento da preservação do meio ambiente, como a regularização das moradias em áreas que não sejam de risco. Exatamente o que busca o Governo Municipal e as famílias que ocupam a região. Ainda segundo a avaliação da equipe técnica, o tamanho da unidade de conservação só poderá ser definida depois de uma avaliação do órgão responsável.

    Ao final do encontro, o secretário-Executivo propôs uma visita técnica do Ministério a Cubatão para avaliar as condições da área delimitada pelo decreto estadual que cria o Jardim Botânico.


Fotos: Pedro França - Minc

Link para fotos

Começa a montagem do “Cubatão Danado de Bom”

A estrutura ocupará uma área de 15 mil metros quadrados


A megaestrutura do Festival "Cubatão Danado de Bom" começa a ser montada no Kartódromo Municipal. Ao todo são 50 toneladas de material distribuidas numa área de 15 mil m². São 100 mil watts de potência de som, 1 mega watt de geradores e 250 mil watts de luz cênica. 

Cerca de 100 trabalhadores estão envolvidos na montagem da estrutura, que ocorre no domingo (31/10) e na segunda-feira (1º/11). A cidade cenográfica a ser montada no local conta com igreja, coreto, escola, casa de cultura, delegacia, mercearia, boteco e praça.

Um mega palco de 400 m² será erguido para abrigar as atrações principais da festa. Na quinta-feira (4/11), às 22h30 sobe ao palco a Banda Cheiro de Amor, na sexta-feira (5/11) às 22h30  é a vez da cantora Elba Ramalho animar a noite nordestina.

No sábado (6/11), às 23 horas, Alceu Valença é quem irá agitar o publico e, no domingo (7/11), às 22h30, encerrando o Festival da Cultura Nordestina em Cubatão, a Banda Calypso sobe ao palco e promete realizar um show inesquecível.

Um palco secundário e um coreto montado dentro da cidade cenográfica receberão os artistas locais, que apresentarão o que há de melhor na cultura nordestina. Além das Artes do Nordeste, o Festival vai reunir o que há de melhor na culinária daquela região do país com seus pratos e bebidas típicas. Quem gosta de baião-de-dois, carne seca, manteiga de garrafa, cachaça saborosa não poderá perder os restaurantes especializados, que serão montados em uma grande área que vai reunir, também, as belezas do artesanato nordestino.

 

Texto: Ana Borges

20101028- Montegem da estrutura _Cubatão Danado de Bom - ALSB

PAT de Cubatão conseguiu, em nove meses, empregos para 3.974 pessoas

A maior parte delas ( 3.430) são moradores da Cidade

 

O Posto de Atendimento ao Trabalhador-PAT, de Cubatão, empregou, de janeiro a setembro deste ano, 3.974 pessoas, 6,89% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando foram empregadas 3.718. Durante todo o ano de 2009, o PAT cubatense conseguiu colocar 5.659 pessoas no mercado de trabalho, ficando em primeiro lugar entre os 162 postos existentes no Estado de São Paulo. A tendência, este ano, é de que tal classificação se repita.

Do total de empregados até setembro último, 86% (3.430) são moradores da cidade, também um percentual maior do que em 2009,que foi de 80,01%.

A maioria dos empregados este ano são homens, 3.567 (89,8%), contra 407 (10,2%) mulheres.

Os trabalhadores com pouca experiência foram os maiores beneficiados pelos encaminhamentos do PAT: 1.948 deles tinham de um mês a um ano de experiência, enquanto que 1.095 tinham de 1 a 3 anos.

Pessoas de baixa qualificação também tiveram mais oportunidades. Os ajudantes, por exemplo responderam pelo maior percentual de contratações (27,10% , 1.077 vagas), seguidos dos serventes (14,77%, 587 colocações).

Entre os trabalhadores qualificados, os mecânicos montadores foram os mais beneficiados, com 339 contratações (8,53%), seguidos dos agentes comunitários de saúde, 287 empregados (7,22%) e soldadores, 216 contratados (5,44%). Entre as mais de 100 categorias profissionais abrangidas pelas contratações do PAT, estão a dos maquiadores, crocheteiros e tricoteiros (um contratado, cada) e dos porteiros de hotel (oito).   

Empregadores - A Usiminas (ex-Cosipa) foi a empresa que mais contratou pelo PAT, este ano: 1.256 (31,61%), seguida do consórcio Construcap/Plaon, 367 (9,24%), Schahin Engenharia, 302 ( 7,60%) e Cil Construtora Icel Ltda, 287 (7,22%), mesmo número de contratados pela Prefeitura, que se coloca, assim, entre os cinco maiores contratantes por meio do PAT de Cubatão.

A Prefeitura é, ainda, a primeira colocada em número de contratações de pessoas portadoras de deficiência. Dos 17 que conseguiram emprego pelo PAT, 10 estão trabalhando na administração municipal, todos como agentes comunitários de saúde, sendo 6 deficientes auditivos, três deficientes físicos e um deficiente visual. A Puras do Brasil contratou 4 deficientes auditivos como ajudantes;  a NM Engenharia, um deficiente físico como ajudante e a Usiminas, dois, como auxiliar de escritório e almoxarife.

Pacto - O fato da grande maioria dos trabalhadores contratados ser de Cubatão é consequência de projetos lançados pela Governo Municipal,  em 2009, voltados à geração de renda, para reverter o passivo social criado ao longo dos anos, decorrente, principalmente, das altas taxas locais de desemprego.

Estes projetos fazem parte do programa Pacto pelo Emprego, lançado pela prefeita Marcia Rosa em abril de 2009 e que tem como principal característica o desenvolvimento de ações que levem as empresas a contratarem, preferencialmente, trabalhadores da Cidade. As empresas se comprometem a selecionar mão de obra entre os cadastrados do PAT, o qual tem solicitado, no ato de cadastramento, atestados de residência dos interessados. Quem é de Cubatão tem prioridade na ocupação das vagas. O PAT se encarrega, também, da divulgação das vagas disponíveis ainda não preenchidas pelas empresas.

 

Qualificação - Outra característica do pacto pelo Emprego é incentivar projetos que levem à qualificação de mão-de-obra local, abrindo as  possibilidade de  trabalho para os cubatenses, uma vez que o parque industrial, ao sofisticar-se tecnologicamente, torna-se cada vez  mais carente de profissionais especializados.

 Os entendimentos com as empresas que atuam no polo industrial são feitos por meio do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo - Ciesp.   A Secretaria Municipal de Emprego e Desenvolvimento Sustentável também estendeu programas do Pacto pelo Emprego ao comércio, agindo em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Cubatão - ACIC.

O PAT de Cubatão possui, hoje, 27.471 trabalhadores cadastrados, sendo 16.618 (60,49%)  homens e 10.853 ( 39,51%) mulheres.  Funciona no município em decorrência de parceria entre a Prefeitura de Cubatão, Secretaria Estadual de Relações do Trabalho e Ministério do Trabalho. Fica na Avenida Dr. Fernando Costa, 1096, Vila Couto. Telefone: (13) 3362-7800.

 

 

Texto: Paulo Mota   MTB: 12.814

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Cubatão danado de sustentável

Impacto ambiental do Festival Cubatão Danado de Bom será revertido em plantio de árvores no município


Todo o impacto ambiental causado pelas atividades do Festival de Cultura Nordestina Cubatão Danado de Bom será medido e compensado com o plantio de árvores no município.

A ideia é que a experiência seja usada como parâmetro para a redução de impacto em todas as atividades do calendário de eventos do município. "Não tem melhor momento do que este, festivo, de alegria, para incutir nas pessoas uma filosofia ambientalmente correta, baseada na sustentabilidade", afirma o secretário de Meio Ambiente de Cubatão, José Roberto Baldini.

Denominado Evento Cubatão Danado de Bom Sustentável, o projeto prevê ainda a reutilização do óleo de cozinha utilizado na praça de alimentação e pelos ambulantes, a reciclagem de latas de alumínio e a compostagem de lixo orgânico para obtenção de adubo para ser utilizado pelo Horto Florestal Cotia-Pará.

Durante os quatro dias do evento, serão espalhados pelo kartódromo municipal caçambas para resíduos orgânicos e inorgânicos, 10 conjuntos de três recipientes de 100 litros e um recipiente de mil litros para recolher o óleo. Além disso, as 25 agentes ambientais que vão atuar no programa Agente Socioambiental de Cubatão também vão atuar no evento como parte do treinamento. Eles vão atuar junto aos ambulantes, coletando o óleo de cozinha e conscientizando estes trabalhadores.

O óleo de cozinha coletado será vendido para reutilização em outros produtos e a renda será revertida para o Fundo Social de Solidariedade de Cubatão (FSSC). As latas de alumínio serão enviadas a duas cooperativas de reciclagem que atuam no município.

Baldini avalia que com a aprovação pelo Congresso Nacional da Lei de Gestão de Resíduos Sólidos, que aguarda sanção da Presidência da República, os municípios terão que se preocupar cada vez mais não só com a destinação do lixo, mas também com os impactos gerados em suas atividades.


Texto: Alessandro Atanes / 

2010-10-27- secom - danado sustentavel - AA.doc

Começa venda de ingressos para o Festival Nordestino "Cubatão Danado de bom"

Os convites têm preços populares e são vendidos em 18 pontos em toda a Baixada Santista a partir desta quinta-feira (28/10)

 

A maior festa nordestina do Estado vai começar!! Quem tem fôlego para acompanhar as mais de 20 horas de boa música, artes e sabores típicos já pode garantir os convites para o Festival de Cultura Nordestina "Cubatão Danado de bom" que acontece de 4 a 7/11 no Kartódromo Municipal. A venda de ingressos começa nesta quinta-feira (28/10) em 18 pontos espalhados por toda a Baixada Santista. Todo o dinheiro arrecadado será revertido para o Fundo Social de Solidariedade de Cubatão.

Os convites têm preço popular de R$ 5,00, que dá direito a conferir todas as atrações da festa, incluindo os grandes shows com as Bandas Calypso e Cheiro de Amor, além de Elba Ramalho e Alceu Valença. Estudantes, idosos e moradores de Cubatão que adquirirem o ingresso nos pontos de venda do município pagam meia-entrada (R$ 2,50). Cada pessoa poderá comprar, no máximo, cinco convites de uma vez. Esse limitação é necessária para evitar a ação de cambistas.

Em Cubatão, o principal ponto de venda será em frente ao Parque Anilinas, na entrada da Av. Nove de Abril, 2205. Além disso, por meio de uma parceria firmada com a Prefeitura, todas as lojas da Rede Krill funcionarão como pontos autorizados e já estarão com os convites disponíveis a partir de amanhã, também. O Krill administra vários supermercados espalhados pelas cidades de Cubatão, Santos, São Vicente, Bertioga, Guarujá, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe e Boracéia.  Todos endereços das lojas estão no hotsite www.cubataodanadodebom.com.br

O I Festival de Cultura Nordestina de Cubatão vai deixar mesmo Cubatão "danado de bom", reunindo em um só espaço os sons, sabores e artes daquela região do país. A megaestrutura montada no Kartódromo vai oferecer ao público dois palcos de apresentações musicais, praça de alimentação com restaurantes vindos diretamente do Nordeste e trazendo todas as delícias da culinária apimentada e criativa, além da saborosa cachaça, espaço para exposição e venda de artesanato e literatura de cordel. Para receber o público esperado em 120 mil pessoas, já está sendo construída uma cidade cenográfica, reproduzindo uma autêntica vila de interior nordestino, com casas, igreja, praça, coreto, delegacia e espaço para apresentações musicais, de dança e teatro.

Na quinta e sexta-feiras, dias 4 e 5/11, a abertura dos portões acontece às 18h e no fim de semana, dias 6 e 7/11, a programação é a partir das 12h. O Festival de Cultura Nordestina é o primeiro grande produto turístico de Cubatão. Produzido pela empresa ABPA, a mesma que coordena os Carnavais de Olinda e Recife e a Festa de São João em Campina Grande, o "Cubatão Danado de bom" conta com apoio das empresas Usiminas e Ypioca.

Segurança e trânsito – um amplo esquema de segurança será montado nos quatro dias de evento e contará com 140 homens da segurança particular da Prefeitura, detectores de metal na entrada principal e catracas eletrônicas. A Polícia Militar realizará a ronda ostensiva através da presença dos policiais com viaturas, motos e cavalaria, além de uma base móvel que ficará estacionada em frente ao Kartódromo. A Polícia Civil vai reforçar o plantão de atendimento na Delegacia Sede nos quatro dias de evento. Já o Corpo de Bombeiros fará toda a parte de inspeção pré-evento e também vai manter equipes de plantão no Festival.

Várias ruas e avenidas nas proximidades do Kartódromo serão total ou parcialmente interditadas nos dias 4 e 5/11 a partir das 16h30 e dias 6 e 7/11 a partir das 10h: Rua Embaixador Pedro de Toledo até a Rua Joaquim Miguel Couto (na quadra do Kartódromo); Rua Bernardo Pinto (lateral do Kartódromo);  Rua Dr. Fernando Costa será parcialmente fechada; Rua Manoel Jorge, desde a Praça da Bíblia até a Rua Joaquim Miguel Couto. Faixas e placas indicativas serão espalhadas pela cidade indicando rotas alternativas para os motoristas.

Os motoristas poderão estacionar seus veículos em bolsões  públicos situados ao redor do Centro Esportivo Castelão, na Praça dos Emancipadores (em frente ao Paço Municipal e à Câmara), além de vagas em ruas e avenidas próximas ao Katródromo. Além disso, pelo menos sete estacionamentos particulares estarão abertos nos dias de festa e funcionarão com preços especiais. São mais de 500 vagas disponíveis somente nestes locais e vias próximas ao evento.

Por que Nordeste? – não é por acaso que Cubatão foi escolhida para sediar um festival sobre o folclore do Nordeste. Os anos 50 e 70, início da construção das Rodovias Anchieta e Imigrantes, respectivamente, atraíram para a região inúmeros nordestinos e grande parte acabou se estabelecendo em Cubatão. A cidade continuou acolhendo esses imigrantes em outras frentes de trabalho com a expansão industrial na época. Hoje, dos 130 mil habitantes da cidade, pelo menos 60% têm origem nordestina, comprovada pela forte influência na culinária, no artesanato e na produção da cultura local. Pode-se dizer que Cubatão é um dos municípios mais nordestinos do Brasil fora do Nordeste. E é todo esse encanto que estará disponível neste Festival.

 

Festival da Cultura Nordestina "Cubatão Danado de Bom"

Pontos de venda de ingressos

 

Cubatão – Supermercado Krill (Vila Nova e Jardim Casqueiro)

Santos – Supermercado Krill

Guarujá - Supermercado Krill

Vicente de Carvalho – Supermercado Krill

Praia Grande – Supermercado Krill, Mini Mercado Jan

Itanhaém - Supermercado Krill

Bertioga - Supermercado Krill

Peruíbe - Supermercado Krill

Mongaguá - Supermercado Krill, Supermercado Aresta

São Vicente - Supermercado Almeida Rocha, Supermercado União

 
 
 

Texto: Morgana Monteiro

20101027-SECULT-Inicio Ingressos Danado-MM

Expediente finados

Amanhã, 28 de outubro, Dia do Servidor Público, o expediente será até as 12 horas

 

Em comemoração ao Dia do Funcionário Público, dia 28 de outubro (quinta-feira), os funcionários serão dispensados após o meio-dia, para que possam participar da confraternização da categoria, que ocorrerá no Parque Anilinas, no centro da Cidade. Já no dia 29, foi decretado ponto facultativo, também em comemoração a data.

Na segunda-feira, diade novembro, que antecede o feriado nacional do Dia de Finados, 2 de novembro (terça-feira), também será facultativo nas repartições públicas municipais.

Nestes dias, os serviços essenciais, tais como: Pronto Socorro; Hospital Luiz Camargo da Fonseca e Silva; parques ecológicos; coleta de lixo domiciliar; Vigilância; Cemitério e Velório; varrição de ruas e feiras livres e transporte de água em carro-tanque para consumo doméstico funcionarão normalmente.

O expediente das demais repartições públicas volta ao normal na quarta-feira, dia 3 de novembro.

 

20101027 – Expediente de finados - FL

Professores de Cubatão participam de palestra sobre o combate à catapora

Serviço de Vigilância Epidemológica explica os detalhes da doença

 
Como medida de enfrentamento à catapora, a Secretaria Municipal de Saúde realizou uma palestra para o corpo docente (diretores) das creches e das escolas de Educação Infantil na manhã desta quarta-feira (27), no mini-auditório do Paço Municipal. "É importante informar os professores para que saibam como prevenir os alunos diante de algum surto", afirma a responsável pelo Serviço de Vigilância Epidemológica (SVE) Ana Cristina Queiroz Alegre.

O momento é oportuno, já que é no segundo semestre o período em que há mais casos de catapora. Durante a palestra, Ana Cristina e sua colega de trabalho, Milena Schlchting, abordaram sobre o assunto de forma ampla: definição da doença, contágio, prevenção e vacinação.

Também conhecida como varicela, a catapora é um doença contagiosa que afeta, principalmente, crianças de até cinco anos de idade – essa faixa etária corresponde a 50% dos casos segundo o SVE. A doença pode ser transmitida através da saliva, tosse, espirro ou do contato direto. Portanto, é importante a prevenção: prezar pela higiene pessoal e por ambientes arejados e abertos, para dificultar o possível contágio.

Manchas avermelhadas ou bolhas purulentas na pele são sintomas da varicela. As pessoas infectadas precisam procurar o atendimento hospitalar. É necessário que ao ser diagnotiscado o caso, que os pais do paciente ou a instituição escolar informe o SVE pelo telefone: (13) 3362-6923, 3362-6925 ou 3362-6927.

 

Texto: Lincoln Spada

Foto: Rodrigo Fernandes

Link para fotos:

20101027 - Palestracatapora

Festival de Teatro de Cubatão começa no dia 1º de novembro

O tema este ano é "Teatro sem Fronteiras"

 

A 13ª edição do Festival de Teatro de Cubatão (Festac) será realizada de 1º a 15 de novembro. A programação contará com mostras competitiva e paralela nas categorias infantil e adulto.

Este ano, o Festac reúne 23 companhias teatrais das cidades de Cubatão, Santos, Ibirá, Rio de Janeiro, Guarujá, Piracicaba, São Paulo, Praia Grande, Embu Guassú e São Vicente.

No festival, os grupos apresentam seus trabalhos aos jurados e também ao público, que tem a oportunidade de acompanhar de perto as peças que serão encenadas no Bloco Cultural (Praça dos Emancipadores, s/nº, Centro) e no Teatro do Kaos (Praça Coronel Joaquim Montenegro, 34, Largo do Sapo), com entrada gratuita. Informações sobre a programação no site da Prefeitura de Cubatão (www.cubatao.sp.gov.br).

 

 

Texto: Joyce Castro

 

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Minha Casa, Minha Vida tem área definida

Serão 20.812,69 m² para construção de moradias

 

Cumprindo as normas federais que regem o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, a Prefeitura encaminhou nesta terça-feira (26) à Câmara Municipal projeto de lei para análise em regime de urgência, destinando um terreno de 20.812,69 m² dentro do núcleo Jardim Costa e Silva para a construção das moradias a serem ocupadas por famílias com renda de até três salários mínimos. A área deverá ser alienada ao Fundo de Arrendamento Residencial, gerido pela Caixa Econômica Federal.

O projeto segue o disposto na lei federal 11.977/2009, autorizando a alienação da área (avaliada em R$ 4.203.903,22) por doação àquele fundo, com cláusulas que garantam sua destinação ao programa de construção de moradias para a população de baixa renda. Entre as cláusulas, consta a que anula a doação se a construção das unidades habitacionais não for iniciada em até 36 meses a partir da assinatura do contrato referente à alienação.

Na mensagem explicativa que acompanha o projeto de lei, a prefeita Marcia Rosa destaca a intenção de "avançar e contribuir para resolução da questão habitacional do município", o que motivou a assinatura do termo de adesão com a Caixa Econômica Federal, em 15 de abril de 2009, para a construção do conjunto habitacional, "gerando assim qualidade de vida e cidadania aos nossos munícipes".

O terreno a ser desafetado, que tem descrição detalhada no projeto de lei, fica situado no prolongamento da Rua Cidade de Pinhal, confrontando com o loteamento Jardim Anchieta, a Estação de Monitoramento da Cetesb, a Rua Salgado Filho e a área do Centro Social Urbano.

 

Texto: Carlos Pimentel Mendes – MTb. 12.283-SP

20101026-SEHAB-MinhaCasaMinhaVidaArea-CPM.doc

Recuperação Fiscal terá parcelamento menor

Projeto do Refis foi enviado à Câmara

 

Tendo como principal diferença em relação aos anos anteriores a redução de 90 para 60 parcelas no prazo oferecido para o parcelamento e se restringir aos créditos inscritos na dívida ativa e ajuizados, foi remetido pela Prefeitura ao Legislativo cubatense, para apreciação em regime de urgência, o projeto de lei complementar que institui o próximo Programa de Recuperação Fiscal (Refis) em Cubatão.

Segundo parecer da Procuradoria Fiscal do Município, nos programas anteriormente editados, "permitia-se ao contribuinte o parcelamento dos créditos fazendários, sem a exclusão dos juros e multa moratórios, em até 90 parcelas,inclusive para os créditos não inscritos na dívida ativa e não ajuizados.

"A prática tem nos mostrado ser mais prudente que a extensão do parcelamento nos moldes do Refis somente envolva os créditos regularmente inscritos na dívida ativa e ajuizados. Isto porque o parcelamento amigável, ao se tornar muito extenso, acaba prejudicando o efetivo recebimento dos créditos fazendários, vez que, em caso de descumprimento do acordo pelo contribuinte, torna-se necessária a movimentação de toda a máquina administrativa, de modo a fazer tramitar o processo de parcelamento descumprido, promovendo-se o recálculo da dívida para, então, promover-se a regular inscrição na dívida ativa e o respectivo ajuizamento da execução fiscal.

"Dessa forma – conclui o parecer, assinado pela coordenadora Nádia Paula Viguetti Godoy –, arriscamos incorrer em decurso de lapso temporal determinado pelo Código Tributário Nacional para o ajuizamento das execuções fiscais. Assim sendo, propomos a edição da legislação, permitindo-se apenas o pagamento à vista para os créditos em fase de cobrança amigável. Propomos o prazo de vigência de 60 dias, prorrogáveis por igual período".

O projeto de lei prevê que o Refis abranja os créditos vencidos até 31 de dezembro de 2009, vigorando desde a data da publicação da lei até o dia 30 de dezembro deste ano, podendo ser prorrogado por decreto. No pagamento à vista do débito, é proposto que o desconto seja total da multa moratória e dos juros de mora incidentes sobre a dívida pactuada. Para o parcelamento em até 12 meses, o desconto de juros de mora e multa moratória será de 50%, caindo para 25% nos parcelamentos em 24 meses, e deixando de correr nos parcelamentos entre 25 meses e o prazo máximo de cinco anos.

O valor mínimo de cada parcela deverá ser de R$ 50,00, e nos parcelamentos  incidem juros de 1% ao mês. No caso e débitos ajuizados, incidem custas e demais despesas processuais, inclusive honorários advocatícios, a serem pagos junto com a primeira parcela ou por ocasião do pagamento à vista.

 

Texto: Carlos Pimentel Mendes – MTb. 12.283-SP

20101026-SEJUR-RefisProjeto-CPM.doc

Prefeitura propõe criação de centro para atender pessoas com deficiências e autismo

Projeto de lei foi encaminhado nesta terça (26) à Câmara

 

Para formalizar a criação do Centro Multidiscplinar de Atendimento ás Pessoas com Deficiência Mental, Múltiplas e Autismo, a administração municipal enviou ao Legislativo cubatense o respectivo projeto de lei, nesta terça-feira (26). A entidade é destinada ao atendimento especializado às crianças e aos adultos portadores daquelas deficiências, e deve ficar subordinada à Secretaria Municipal de Educação, em parceria com as de Saúde e de Cidadania e Inclusão Social.

Na mensagem explicativa enviada à Câmara Municipal, explica a prefeita Marcia Rosa que a intenção é "proporcionar melhor desenvolvimento e maior inclusão social aos munícipes portadores de deficiências, em especial àqueles que deixaram de ser atendidos pela Associação de Pais e Amigos do Excepcional (Apae) por opção de seus representantes e que necessitam de atendimento por profissionais especializados em Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia, Pedagogia etc.".

 

Texto: Carlos Pimentel Mendes – MTb. 12.283-SP

20101026-SEJUR-CentroAutismo-CPM.doc

Censo apresenta os primeiros números de Cubatão

População é menor do que o esperado

 

Faltando verificar 783 domicílios fechados, Cubatão tem 116.005 moradores recenseados, portanto entre 2.500 e 5.000 a menos do que os 121 mil projetados com base nas estatísticas de crescimento da população. Os números foram citados no quarto encontro da Comissão Municipal de Geografia e Estatística, que reuniu técnicos do IBGE e da Prefeitura de Cubatão, nesta terça-feira, no mini-auditório da Prefeitura. O fenômeno dos alojamentos também se destacou nos números já apurados.

O crescimento vegetativo da população é a diferença entre o número de nascidos vivos e o de óbitos entre os efetivamente residentes no município, apurado a partir dos registros civis, e que indicavam um aumento de 1.300 moradores por ano, desde o censo do ano 2000, que apurou existirem 108 mil cubatenses. A diferença nos números pode ser explicada por migração de cubatenses para outros municípios (o mesmo ocorreu em cidades próximas, até em proporções mais elevadas, enquanto Praia Grande registrou neste Censo um crescimento inesperado de mais de 50 mil moradores).

Esses números sugerem existir significativa migração intra-regional, o que é reforçado por episódios como o reportado por um recenseador residente na Cota 200, que observou várias famílias terem deixado o núcleo, com destino a moradias construídas pelo governo estadual no Litoral Sul, no dia seguinte ao da resposta ao questionário do IBGE. Será necessário que o governo estadual, por meio de entidades como CDHU, informem sobre as transferências que estão sendo feitas, para que os dados censitários possam ser ajustados.

Em uma estimativa preliminar, envolvendo Cubatão, Praia Grande e São Vicente, que somavam 605 mil habitantes no ano 2000, o crescimento vegetativo deveria der de 65 mil pessoas nestes dez anos, resultando em 670 mil habitantes, mas o Censo 2010 aponta para cerca de 690 mil, portanto 20 mil a mais que o previsto para este ano.

Segundo José Antonio Gomes Fontes e Maria Niebes P. Henriques, representantes do IBGE que expuseram esses números iniciais, a exatidão desses números é importante, porque é sobre essa base estatística que são formuladas as políticas públicas. Por exemplo, o crescimento vegetativo em Cubatão, de 1.300 pessoas/ano, implica na construção de pelo menos uma escola municipal por ano para atender a essa nova demanda.

 

Primeiros números – No Censo 2010, que tem como data de referência a zero hora do dia 1º de agosto deste ano, os 117 recenseadores que estão atuando no município apuraram a existência de 42.894 domicílios visitados, cerca de 2.000 a mais do que os previstos 40.857 identificados na pré-coleta de informações feita no início do ano. A razão é que agora os recenseadores verificaram melhor o uso das instalações, constatando por exemplo a existência de trabalhadores residindo nas oficinas em que trabalham, caso em que é aplicado também o questionário domiciliar (o critério internacional, aplicado pelo IBGE, estabelece que domicílio seja unidade com entrada separada e onde reside um grupo familiar financeiramente independente).

Os números preliminares indicam haver em Cubatão 38.832 domicílios ocupados, 2.215 vagos e 793 fechados. Na nomenclatura do IBGE, domicílios fechados são os pertencentes, por exemplo, a famílias que estejam viajando. Já os vagos são aqueles em que não foi identificada a residência de pessoas. Em alguns casos, são casas improvisadas, destinadas apenas a figurar em futuros cadastros de participantes em programas oficiais de regularização habitacional. O alto número de domicílios vagos em Cubatão é também explicado pelos inúmeros exemplos de casas à venda e pelos valores inflacionados de aluguel.

Os recenseadores não só identificaram a existência de alojamentos improvisados para trabalhadores em toda a área urbana de Cubatão, como ainda constataram a crescente prática de se transferir os alojados para novo local a cada três meses, dificultando assim a fiscalização.

 

Trabalho prossegue – Embora o Censo tenha como data de término das pesquisas o dia 31 de outubro, prossegue em novembro o trabalho de verificação dos dados já coletados, que pode requerer pesquisas complementares, particularmente nos domicílios vagos ou fechados, ou onde surjam dados discrepantes das médias e que precisem ser comprovados. Até o final de novembro, entretanto, devem ser divulgados os primeiros números oficiais completos do Censo 2010.

Os representantes do IBGE observaram que toda a área do município foi coberta pelos recenseadores, "inclusive locais que poucos conhecem ou têm número reduzido de moradores, como Vila Varandas e os sítios próximos". Esse trabalho foi facilitado em alguns núcleos, como Cota 400 e Vila  Esperança, por alguns dos recenseadores contratados ali residirem e conhecerem melhor esses locais. Em 90% dos domicílios, foi aplicado um questionário básico, e nos 10% restantes, definidos automaticamente pelo programa de computador, foi realizado um questionamento mais completo, que servirá como amostragem para o levantamento de inúmeras informações, entre elas os casos de quem reside em Cubatão e trabalha em outros municípios.

 

Nenhum índio – Dado curioso verificado pelos recenseadores é que em Cubatão (ao contrário da vizinha São Vicente) não tem mais nenhum indígena. E o IBGE solicita que as pessoas que não tenham sido recenseadas verifiquem se já não foram incluídas no censo por algum familiar. Em caso negativo, devem entrar em contato com o IBGE pelos telefones locais 3361-6388 e 3372-5207, ou ainda pelo telefone nacional 0800-721-8181.

 

Texto: Carlos Pimentel Mendes – MTb. 12.283-SP

Fotos: Rodrigo Fernandes

Link para fotos e apresentação do IBGE

Apresentação do IBGE em PowerPoint

20101026-SECOM-ReuniaoCensoIBGE-CPM.doc

Mateus Nakajo é campeão brasileiro Sub 20

Enxadrista cubatense tem apenas 15 anos de idade

 

            O enxadrista cubatense Mateus Nakajo Mendonça sagrou-se campeão brasileiro Sub 20 de Xadrez, durante o Festival Nacional da Juventude, realizado entre os dias 22 e 24 deste mês, em Poços de Caldas, Minas Gerais. Mateus totalizou 5 pontos, à frente de José Renato Ruiz Maranhão, da cidade de São Paulo, que somou 4 ½ pontos, em 2º lugar e Renan Ribeiro Lage, de Minas Gerais, com 4 pontos. A competição foi realizada no sistema suíço em seis rodadas, valendo Rating, CBX e FIDE.

            Com apenas 15 anos de idade, Mateus, que integra o Clube de Xadrez de Cubatão e tem o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, se firma como um dos principais enxadristas do País. Ele é detentor dos títulos brasileiros nas seguintes categorias: em 2005 (na Sub 10); em 2008, ficou com o título brasileiro na categoria  Sub 14; em 2009, pela categoria Sub 16, e agora, em 2010, na categoria Sub 20.

 

 

Texto: Lula Terras – MTb. 13.553

20101026 – Semes – Enxadrista Mateus Nakajo vence em Minas Gerais

Nayara Silva vence Paulista de Canoagem de Velocidade na Raia Olímpica da USP

Robson Ramalho e Douglas Mauri também venceram no K2 menor

 

A canoísta Nayara Silva foi o grande destaque cubatense no Campeonato Paulista de Canoagem de Velocidade, realizado no sábado, dia 23, na Raia Olímpica da USP, em São Paulo. A jovem atleta competiu pela categoria Cadete feminina e venceu no K1 200 metros. Quem também se deu bem foram Robson Ramalho da Silva e Douglas Mauri, campeões na categoria Menores K2 200 metros.

Para a técnica Christina Lentino Vanicek a participação de Cubatão foi positiva, "com apenas oito Canoístas ficando em 3º lugar por equipes, atrás apenas de Piraju, campeã, e São Vicente, em 2º lugar", comemora a técnica que destaca a participação de 75 canoístas na prova que reuniu atletas de Cubatão, Ilhabela, Mairiporã, Piraju e São Vicente.

Resultados – A equipe de Cubatão apresentou os seguintes resultados individuais: na prova K1 menor masculino, Robson Ramalho da Silva (3º lugar); Douglas Mauri (4º lugar); Vinicius Oliveira (6º colocado). No K2 menor masculino, Robson Ramalho da Silva e Douglas Mauri (campeões); K1 cadete feminino, Nayara Silva (campeã); K1 cadete masculino, Nicolas Peroni (5º colocado); Leandro de Freitas (6º lugar); K1 sênior masculino, William Cesário Aureliano (3º colocado); K2 sênior masculino, William Cesário Aureliano e Vit Vanicek (3º lugar).

 

 

Texto: Lula Terras – MTb. 13.553

20101026 – Semes – Nayara vence na canoagem de velocidade

Rawany e Jovino se destacam no Festival Internúcleos de Atletismo

A revelação do festival foi o estreante William dos Santos, de apenas 8 anos de idade

 

Reconhecida como uma das principais escolas de atletismo no Estado, Cubatão não para de formar novos e talentosos atletas que alcançam importantes resultados. As conquistas vêm mantendo a cidade entre as maiores forças da modalidade no Estado e no Brasil.

A Escolinha de Atletismo mantida pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer conta com grandes promessas, como Rawany Borges, de 11 anos, que conquistou a medalha de ouro nos 60 metros rasos na categoria Pré-Mirim na última etapa do Festival de Atletismo Internúcleos, realizado neste final de semana na Associação Desportiva da Polícia Militar, em São Paulo. "Confirmando a condição de promessa Rawany foi a vencedora de todas as etapas do Festival, o que a coloca entre as principais atletas da competição", comemora o professor Adilson Ramos de Oliveira, responsável pela Escolinha.

Entre os meninos o destaque principal foi Jovino Rufino da Silva, vice-campeão na prova dos 100 metros rasos. Para o professor, Jovino foi o maior destaque masculino da equipe cubatense durante o ano, "ele conquistou muitas medalhas neste ano, tanto no Circuito de Atletismo como no Festival Internúcleos", afirmou Adilson que completa, apontando o menino Willian dos Santos, de apenas 8 anos, como a grande revelação. "Em sua estréia no atletismo, Willian já subiu no pódio no primeiro torneio em que tomou parte, ficando em 3º lugar nos 50 metros rasos pela categoria mini-mirim", informa o professor.

Adilson de Oliveira destaca outros nomes que também prometem surpreender, como as meninas Adriana da Mota, Andressa Guimarães e Victória Lima que fizeram um bom trabalho no revezamento e ficaram com a 5ª colocação no torneio disputado por 20 equipes de várias regiões do Estado. Também os meninos Luiz Oliveira, Danilo Camilo, Everson Pirro e Lucas Santos, ficaram em 2º lugar na prova do revezamento 4x60 metros, e Lucas Santos, 3º lugar nos 60 metros rasos pré-mirim.


Texto: Lula Terras – MTb. 13.553 - 

20101026 – Semes – Festival de Atletismo Internúcleos

Carateca Lucas Daniel conquista ouro e prata no Torneio da Amizade de Arujá

Atletas da Associação Unidos trazem cinco medalhas da competição

 

A Associação Unidos Karate-Do/Semes foi um dos destaques do 16º Torneio da Amizade de Karate-Do, realizado no domingo, dia 24, na cidade de Arujá. Competindo com cinco atletas, a agremiação cubatense teve quatro de seus atletas classificados entre os três primeiros colocados nas modalidades de Kata (simulação) e Kumite (luta) em diversas categorias.

O grande destaque foi Lucas Daniel dos Santos, de 16 anos, que conquistou duas medalhas: ouro no kumite e prata no kata, na categoria 16/17 anos. Também trouxeram medalhas os seguintes atletas: Thiago do Nascimento Ferreira, 11 anos, duas medalhas de prata no kumite e kata pela categoria 10/11 anos; Sarah Teixeira, 12 anos, medalhas de bronze no kumite e kata, pela categoria 12/13 anos; Nayla Lima, 13 anos, medalha no bronze no kumite pela categoria 12/13 anos.

Satisfeito com o desempenho de seus atletas, o professor Luis Antonio Alexandre creditou a conquista das medalhas ao esforço de cada atleta. Luis Antonio destaca ainda que no dia 13 de novembro acontecerá o 15º Campeonato de Karate, no Centro Esportivo Castelo Branco. "A competição será das 9 às 18 horas, para atletas nas categorias de mirim até sênior, com total apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer", informou o professor que condiciona as inscrições dos participantes à entrega de um brinquedo, que será doado para crianças do bairro da Mantiqueira. As inscrições devem ser feitas na sede da Associação Unidos, à Avenida Tiradentes, 100, Jardim Costa e Silva.

 

Texto: Lula Terras – MTb. 13.553

20101025 – Semes – Unidos conquista medalhas em Arujá

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Professora de Cubatão, escritora Mônica Amorim conversa com alunos na Biblioteca

O bate-papo fez parte da programação da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca

 

A sala da Biblioteca Municipal Professor João Rangel ficou repleta de alunos da UME Bernardo José Maria de Lorena, na tarde desta segunda-feira (25), para participar de um bate-papo com a escritora e professora Mônica Amorim e a ilustradora Nice Lopes. O motivo do encontro é a publicação do primeiro livro de Mô Amorim, "A nuvem vermelha", pela Editora Adonis, com ilustrações de Nice Lopes. O encontro faz parte da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca.

O secretário municipal de Cultura, Welington Borges, abriu o bate-papo frisando a importância do contato com livros, visitas à biblioteca e como a leitura é essencial para o aprendizado. "Esse ambiente é de todos nós. Queremos que vocês todos fiquem à vontade aqui", disse aos estudantes.

A professora frequenta a biblioteca desde o início da adolescência. "Quando queria respostas para a vida, eu não ia à cartomante, não ia à igreja, vinha para a biblioteca". Amante das palavras e das artes, Mô Amorim escreve desde os 15 anos de idade, apesar de não se sentir escritora: "Sou mais uma amante das palavras".

Nice Lopes também começou a se interessar por desenhos com seis anos de idade, pois tinha uma vizinha que desenhava muito bem e isso a encantou. Ela ressaltou a importância dos estudos para os alunos e reproduziu uma frase que sua mãe e grande incentivadora sempre dizia: "A única coisa que vocês vão levar para a vida toda é o estudo".

Ela pintava seus cadernos da escola e aos 9 anos teve as primeiras aulas de desenho em tecido. Ela lembra que aos 10 anos, incentivada pela mãe, mandou por carta uns desenhos para a Editora Abril. Recebeu como resposta uma negativa, mas com observações e novo incentivo para continuar desenhando. Em 2010, 30 anos depois, é a Editora Abril que a convida para ilustrar o Guia da Lua da edição do mês de julho da revista Cláudia. "Não desistam dos sonhos que vocês têm hoje; pode demorar, mas um dia vocês vão conseguir realiza-los".

 Amizade e livros – Mô Amorim e Nice Lopes, amigas de longa data, falaram aos adolescentes sobre como nasceu o livro "A nuvem vermelha". O livro surgiu graças a uma amiga comum, Mariângela Pires, que disse à dona da editora que conhecia alguém que poderia escrever um livro sobre qualquer coisa. Então, surgiu a encomenda de escrever um livro em cinco dias sobre ecologia.

"A nuvem vermelha" conta a história de uma menina chamada Lua, que só tinha a sua mãe e o cachorro Biscoito. O nome Lua não foi escolhido em vão, significa mistério, oculto, quatro faces e quatro fases, o que demonstra o crescimento da personagem da infância à adolescência e à vida adulta. Já o título do livro é associado ao voo do guará-vermelho.

Mô Amorim também mantém o blogue http://estripitizese.blogspot.com, onde publica diversos poemas e textos de sua autoria. O trabalho de Nice Lopes pode ser acompanhado no blogue http://nicelopes.blogspot.com.

Programação – A Semana Nacional do Livro e da Biblioteca teve início no domingo (24) com a apresentação da instalação multimídia "Relicário de Cicatrizes". A programação segue até quarta-feira (27).

Na terça-feira, às 15 horas, haverá uma oficina de Limeriques com a escritora Viviane Veiga Távora e exposição de poemas do livro de sua autoria "Mareliques da Praia Louca". Limeriques são um tipo de poema curto sobre temas loucos, sempre com cinco versos. O primeiro, segundo e quinto versos terminam com a mesma rima. Já o terceira e o quarta são mais curtos e terminam em outra rima.

No mesmo dia, às 19h30, os escritores Marcelo Ariel, autor de "Conversas com Emily Dickinson" e Cícero Gilmar Lopes, autor de "O Livro das Respostas para todas as Perguntas" se encontrarão para um bate-papo. Na quarta-feira será realizado um bate-papo com o escritor Roberto Melchior, autor dos livros "Pelos Caminhos do Brasil" e "Id e Eu no Caminho de Santiago".

Texto: Carla Martuscelli e Alessandro Atanes

Foto: Rodrigo Fernandes

Link para fotos

20101025 - SECULT -Semana do livro.doc

Entrega de Medalhas do Mérito Odontológico marca abertura da Semana de Saúde Bucal, em Cubatão

À tarde, houve conferências temáticas, que prosseguem na manhã e tarde desta terça-feira (26)

 

'Prevenir educando. Educar prevenindo'. Este foi o mote da abertura da Semana de Saúde Bucal, ocorrida na manhã desta segunda-feira, em comemoração ao Dia Nacional do Dentista (25 de outubro), num evento organizado pela Prefeitura de Cubatão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) – Divisão de Odontologia. Na oportunidade, foi feita a entrega das Medalhas do ''Mérito Odontológico'' e do Mérito ''Auxiliar de Saúde Bucal'' 2010, ocorrendo também a premiação dos vencedores do Concurso "Sorriso Feliz", promovido junto aos alunos das redes estadual e municipal.

Realizada no Bloco Cultural Dr. José Edgar da Silva, no Paço Municipal, a solenidade foi conduzida pelo chefe da Divisão de Odontologia da SMS, Mário Roberto Leite Augusto, com participação da diretora do Departamento de Atenção Básica (DAB) de Cubatão, Dilene Drumonnd Marinho Marques, compondo a mesa dos trabalhos com representantes de vários segmentos do meio odontológico.

Dilene Drumonnd e Mário Augusto falaram sobre a importância da data e das outorgas de prêmios aos profissionais. "Faz-nos lembrar que um dia só éramos vistos como dentistas de escolas. Mas foi encontrada uma maneira de dignificar, em muito, a nossa profissão", comentou Dilene. Mário ainda destacou a recente aprovação do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Cubatão, por parte do Ministério da Saúde, como um marco para a Odontologia no município. Em relação aos indicados pela SMS para receber as medalhas, ele reforçou que "os nomes passaram pelo crivo do Conselho Municipal de Saúde, cujos integrantes sabem da história de cada pessoa indicada. Meus parabéns!".

 

Condecorações - As outorgas foram para Ana Paula de Jesus do Céu Oliveira Fonseca ("Mérito Odontológico") e Aldinea Nóia Rodrigues de Melo ("Mérito Auxiliar de Saúde Bucal''). "Meu coração foi posto à prova novamente. Depois disso tudo, acho que ele ainda está bom", comentou, emocionada, a dentista Ana Paula Céu, ao receber a medalha, revelando que "apesar de nascida em Lisboa (Portugal), considero Cubatão como minha Cidade".

A profissional é considerada uma das pioneiras no trabalho de prevenção no município, tanto nas escolas como nos consultórios, citando como exemplo o Programa Bebê Clínica. "Antigamente, tínhamos que sair em busca das mães para cuidar delas e das crianças. Hoje, elas vêm até nós. Fruto de um trabalho insistente de muitos colegas de profissão, incluindo alguns da equipe da Odonto que aqui estão. Já não se fala mais em tratar, e sim em prevenir. Daí se tira a importância de Saúde e Educação andarem juntas".

Tomada de emoção, a auxiliar de Odontologia Aldinea Nóia apenas agradeceu pela lembrança de sua história de vida e pelo reconhecimento aos seus mais de 30 anos de trabalhados em prol do povo cubatense. "Não tenho mais palavras, gente, obrigada!"

Feita a entrega solene das honras, foi a vez da premiação aos vencedores do concurso "Sorriso Feliz'', com alunos e seus respectivos professores sendo agraciados com medalhas e certificados. (Ver relação no final desta matéria).

 

Conferências - Às 13h30min de segunda-feira, houve a conferência com o tema "Ionômero de Vidro: mito, verdades e suas aplicações clínicas", ministrada pelo especialista Júlio César Bassi. E às 15h30min ocorreu o encontro de trabalho sobre "Ionômero de vidro encapsulado" (ionômero é um material odontológico usado para restauração provisória ou definitiva, e que contém flúor em sua composição).

Nesta terça-feira (26), acontecem mais duas conferências. Às 8h30min, o tema é "Câncer Bucal: uma realidade", apresentado pelo especialista Haroldo Arid Soares, abordando a grande incidência deste câncer na população brasileira, principalmente nos jovens, em decorrência do frequente uso de 'piercing', cigarros e ingestão de bebida alcoólica. No período da tarde, a apresentação fica por conta da dra. Marina Minatel Braga, com "Desmistificando a Odontohebiatria", direcionada ao atendimento odontológico nos adolescentes, numa abordagem sobre a parte psicológica e ética nesta fase. Especialidade esta que a SMS pretende implantar já a partir de 2011, no CEO.

 

Entidades - As instituições ou entidades presentes estiveram assim representadas: dra. Andrea Mello Duschi Oliveira Gomes – interlocutora da Divisão Regional de Saúde (Estado) – Seccional Santos; dr. Edson Joaquim de Jesus Cambaúva – presidente da Associação Litorânea de Odontologia; Roberta Bruno – coordenadora do Centro de Apoio Pedagógico e Educação Continuada - Seduc de Cubatão; drs. Valter Denari e Rosângela Maluza Flores – respectivamente, diretor e coordenadora de Ensino da Faculdade de Odontologia da Unisanta.

E mais: dra. Patrícia Oliveira Policarpo da Cruz – Associação dos Cirurgiões Dentistas da Baixada Santista; dr. João Carlos Saturnino Brito – coordenador de Saúde Bucal da Prefeitura de São Vicente; dr. José Luiz Negrinho – Consellho Regional de Odontologia de São Paulo; Fábio Luiz M. Batista – Sindicato dos Odontologistas de Santos e Região, e Marcio Azenha de Freitas – presidente do Conselho Municipal de Saúde de Cubatão. 

 

Concurso "Sorriso Feliz" - Alunos e professores premiados:

 

UME Estado de Pernambuco - (1)

Aluno: Caroline Felix Saraiva

Professora: Inês Severo/Rosiléia de Souza

 

UME Estado de Pernambuco - (2)

Aluno: Marcelino Tinoco de Lima

Professoras: Inês Severo/Rosiléia de Souza

 

EME Padre José de Anchieta - ( 1)

Aluna: Liliane Vieira da Silva

Professora: Solange dos Santos

 

UME Padre José de Anchieta - 2

Aluna: Isabelle da Silva Bezerra

Professora: Maria de Fátima Almeida

 

UME padre José de Anchieta - 3

Aluna: Ingrid Tider Lima Santos

Professora: Liliam Batista Bonna

 

UME Padre José de Anchieta - 4

Aluna: Lucas Costa de Silva

Professora: Vilma Maria de Almeida Reis

UME Estado do Tocantins

Aluna: Sabrina dos Santos

Professora: Ana Gicélia Pinheiro

 

UME Padre Antonio Olivieri

Aluna: Josikely de Souza Nascimento

Professora: Inês Severo / Alice dos Anjos

 

UME João Ramalho

Aluna: Brenda de Medeiros Morais

Professora: Ana Maria de Jesus Silva

 

Texto e fotos: Ismael Pereira – Mtb: 40.407/SP.

Link para fotos

 

25-10-2010-SMS-AberturaSemanaDeSaúdeBucal-IP.doc